Get Adobe Flash player
Banner
Página Inicial Prêmiações geral Reportagem sobre fraude eletrônica leva prêmio

MATÉRIA PUBLICADA NA REVISTA SECURITY , DE AUTORIA DA JORNALISTA SANDRA CUNHA, FICA ENTRE OS VENCEDORES DO 2º PRÊMIO INTERNET SEGURA

POR SUELI DOS SANTOS | Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. | FOTOS DIVULGAÇÃO

 

O comércio eletrônico brasileiro tem apresentado constantes sinais de crescimento. No primeiro trimestre de 2009 foi registrado aumento de 25%, gerando faturamento total de R$ 2,3 bilhões. A expectativa é que até o final do ano o faturamento atinja R$ 13,2 milhões e 17 milhões de pessoas estejam comprando pela internet. É claro que esse movimento desperta o interesse de criminosos, sempre interessados em novas áreas de atuação.

Para estimular a divulgação de informações que ajudem o internauta a adquirir conhecimentos sobre comportamentos seguros no mundo virtual, o Movimento Internet Segura (MIS) e o Comitê da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net), dedicado a orientar o usuário da rede quanto às melhores práticas de navegação, criaram o Prêmio Internet Segura de Jornalismo, em sua segunda edição, que este ano registrou crescimento de 39% no número de profissionais e de reportagens participantes em relação à edição anterior.

Ao todo, 57 autores foram avaliados com 74 trabalhos produzidos durante o ano de 2008 e os primeiros três meses de 2009. Na premiação do ano passado, concorreram 41 pessoas e 53 matérias.

A jornalista da revista  Security Sandra Cunha foi uma

das vencedoras da 2ª Edição do Prêmio Internet Segura na Categoria Veículos Especializados em Tecnologia, com a reportagem “Crescimento do comércio eletrônico eleva o número de fraudes”, publicada na edição nº 82, em novembro do ano passado.

A reportagem abordou as diversas formas de fraude no meio eletrônico e os meios de evita-las. É a segunda premiação da jornalista pela  Security. Em 2005, rece- beu da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) o prêmio pela matéria “O crime não poupa sequer as praças de pedágio”.

Os jornalistas premiados foram:

  • Sandra Cunha ( Security Brasil ) –  Categoria Veículos Especializados em Tecnologia;
  • Walace Lara ( Bom Dia Brasil - TV Globo) - Categoria Veículos de Cobertura Generaliza- da; e
  • Daniela Arrais e Gustavo Villas Boas ( Folha de S.Paulo) – Categoria Especial Proteção da Infância e Adolescência.

CONSUMIDORES APROVAM VENDAS ON-LINE

Momentos antes da premiação, a consultoria e-bit lançou, em parceria com o Movimento Internet Segura (MIS) e o Comitê da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (câmara-e.net), o “Índice de Confiança do e-Consumidor”.

O índice é dedicado a orientar o usuário da internet quanto às melhores práticas de navegação. O comércio eletrônico brasilei- ro foi aprovado por 86,3% das pessoas que compraram algum item pela internet no mês de abril. De acordo com o coordenador do Movimento Internet Segura, Djalma Andrade, o patamar de aprovação de abril foi o maior do ano: nos três meses anteriores a satisfação dos compradores havia ficado em 85,87% (janeiro), 85,59% (fevereiro) e 85,90% (março).

O diretor da e-bit, Pedro Guasti, explicou que a avaliação dos consumidores é colhida por meio de pesquisas nas lojas conveniadas à e-bit: uma é feita no ato da compra e a outra, depois do recebimento do produto.

Segundo Andrade, o Índice de Confiança do e-consumidor vai servir como um termômetro para lojas e clientes. O índice deve ser divulgado mensalmente. Assim, os resultados obtidos refletem exatamente a opinião de quem efetivamente experimentou o canal de internet para consumo.

Banner
Nós temos 18 visitantes online